Só faltava essa, pesquisas científicas japonesas publicadas esta semana, concluíram que existem fortes evidências que as doenças periodontais (das gengivas) estão ligadas a certas doenças cardíacas. Pessoas que apresentavam pequenas bolsas nas gengivas e perda ósseas dos dentes, tiveram importantes alterações do electrocardiograma, indicativas de provável cardiopatia.

A doença periodontal é uma infecção crônica das gengivas que no seu estágio inicial é conhecida como gengivite, muito comum. Sabemos que na verdade é uma inflamação com sangramento da gengiva. Posteriormente o estágio em que se transforma em situação irreversível é chamado de periodontite. Numa fase mais avançada esse problema causa dificuldades de mastigação, dores importantes perdas ósseas e em consequências disso perda dos dentes e agora, também evidenciado, um alto risco de doença cardíaca como a miocardite e endocardite bacteriana.Estudos preliminares demonstraram que a periodontite provocava elevação dos níveis da proteína C-reativa e outros marcadores de inflamações que há algum tempo cardiologistas descobriram serem indicativos de que estavam acontecendo uma grave doença degenerativa das artérias, a aterosclerose (que significa o endurecimento das artérias). Esses fatos fizeram com que os cientistas aprofundassem os estudos dessa surpreendente novidade, relacionando periodontite e cardiopatia. Delimitaram bem os detalhes do problema: as bolsas gengivais, para terem importância na saúde do organismo deveriam ter uma profundidade maior que dois milímetros, além de uma grande perda óssea dentária. Assim sendo, esses problemas odontológicos passavam a ter um significante risco de anormalidades cardíacas, registradas no velho, mas, muito útil eletrocardiograma.

A conclusão óbvia é a de que não podemos perder tempo se surgir algum problema bucal, vale procurar logo o tratamento odontológico. Não se esqueçam que um bom estado dos dentes e gengiva, além da beleza estética e hálito agradável, seu coração agradece.

Fonte: Gazeta do Ipiranga. 2004 – 21/3/2006